Visualização do comboio do Douro, a partir de Ervedosa do Douro e alcançando o Tua

As várias linhas aferentes ao Douro, nomeadamente a linha do Tua e Corgo, a extensão da linha do Douro até Barca de Alva, de potencial turístico ímpar, estão já na consciência e organização de opiniões, com vista a uma reabertura, havendo movimentações com esse desejo.

Existem ainda equipamentos antigos de tracção a vapor, que podem ser colocados em movimento, fornecendo ao público, num percurso, a oportunidade de descobrir além das paisagens, as técnicas de tração hoje abandonadas, e que seduzem centenas de entusiastas.

Que agradável é viajar no comboio a vapor, pois além do prazer da viagem, somos levados ao mundo do romantismo e nostalgia.

A prova é que, quando no Verão circula o Vapor da Régua ao Tua, visível nesta apresentação, há uma imensidão de gente desejosa em observar e ser conduzida por um verdadeiro museu vivo a possuir a autenticidade em movimento.

Foi a expansão rodoviária com boas estradas e acessibilidade dos veículos automóveis à população, que colocou o transporte ferroviário das pequenas vias em decadência; para a sua sobrevivência há que aclamar
"viva o turismo".

O turista para gozar em pleno do bem estar o que as paisagens ferroviárias oferecem, separando-se do seu automóvel, entrega-se relaxadamente ao itinerário do comboio.

É importante que as várias estações do percurso, estejam munidas de ambiente turístico, com espaços de restauração e lojas comerciais com produtos regionais ou recordações locais.
É bom que o turista possa ser transportado a uma das muitas pitorescas aldeias ou vilas da proximidade.

A animação envolvente ao comboio turístico torna-se muito importante, com grupos musicais populares a a tuar no percurso da viagem, ou então a apresentação de cantares ou folclore local em estações alvo.
É este o panorama observado no comboio histórico do Douro, que apresento no filme em anexo