Venham visitar o nosso Douro

Volte, venha visitar descontraidamente...O destino que preenche os sentidos e tem tudo o que é de bom:
- esplêndidas paisagens e um rio de serenas águas para navegar
- imponente herança duma natureza moldada pelo homem ao logo de centenas de anos
- um interessante recheio histórico e arqueológico- quintas e mais quintas com grandes extensões de vinhedos, onde se confecionam os bons nectares de mesa do Douro e se produz o "vinho generoso do Porto"- pessoas, hospitaleiras e receptivas, de costumes e tradições interessantes, uma religiosidade ímpar.Suba às nossas Vilas e Aldeias mas, relaxadamente, e acredite será uma autêntica aventura deslumbrante.Não traga rota ou destino marcado, use como guião o rio Douro e seus afluentes, explore e encontrará sempre o lugar apropriado, a povoação desejada. Saberá a qualquer momento, distinguir e amar, a grande alma e ambiente Douriense.

Aproveite as temperaturas suaves do final da tarde para descontraír um pouco, após ter explorado algumas localidades e cenários da natureza.

Os percursos de automóvel são regionais, e não há movimento.
Então, o relaxamento torna-se convidativo. Em qualquer quinta com vista para o Douro, trocamos a televisão e a leitura por bonitos momentos, apreciando o panorama mediterrânico dos vinhedos e do rio.

E, se nos sentarmos relaxadamente numa poltrona à noitinha, junto à vinha e oliveiras, acompanhados dum bom "vinho generoso do Douro"? Então, o bem estar torna-se romântico e infinito.

Há poucos dias visitei a Quinta do Monte Travesso situada no alto Douro em Barcos - Tabuaço, especializada na produção de vinhos e azeite e também com suporte de turismo rural.
Como em qualquer outra, para quem vem do stress da cidade, encontram-se imensos percursos, pedestres ou de bicicleta, acessíveis a todos, os caminhos rurais. Porém, cuidado às distâncias visualizadas pelo simples olhar. Há que ter em conta as inclinações do terreno...
Quem se afastar muito, descendo a montanha, sujeita-se na volta a grande fadiga, e não há Santinha que acuda...

Voltando à Quinta do Monte Travesso da propriedade do Sr Bernardo Nápoles de Carvalho. É muito familiar e, a habitação centenária de aspeto colonial, tem na realidade traços característicos Dourienses. Possui a adega, onde se executa toda a cadeia de produção de vinhos de consumo brancos e tintos, que vai desde o lagar até ao engarrafamento.

Muitas das Quintas que visualizamos ao longo do Douro, fazem parte da denominada "Rota do vinho do Porto", e algumas, a par da produção vinícola, propiciam o alojamento ao "turista mais romântico"

Mas o Douro maravilhoso das lindas paisagens e cenários possui uma alma emotiva: as suas gentes.
Estas, pelo simples convívio, ou organizadas nos seus grupos de recreatividade, presentes pelas várias localidades, transmitem ao visitante a verdadeira dimensão da simpática cultura criada na região.

No presente post divulgo o "Grupo de Cantares de Fornelos", que interpreta música de Tràs os Montes e Alto Douro, provenientes do cancioneiro regional.

Um grupo interessante, adornado com vestimentas da região, divulgador dos costumes e tradições.

No espetáculos onde os apreciei, nomeadamente na animação do comboio a vapor do Douro a vitalidade e expressividade evidentes, criam verdaeira emoção a quem os aprecia.

E é esta a verdeira representação da personalidade das gentes Dourienses sentida na sabedoria do Grupo. Capta-se a cultura plena de história e tradições, onde a lavoura da vinha é a principal actividade económica.
Sente-se que vivem intensamente os bons momentos, os convívios com amigos, as festas e as romarias.

O grupo folclórico de Fornelos, pertence à freguesia com o mesmo nome, no concelho de Santa Marta de Penaguião que tem brio na cultura, história e raízes dos seus habitantes.

Orgulha-se dos seus antepassados, onde levantou valores etnográficos e o cancioneiro para a concretização e realização do lindo trabalho que apresentam, fonte importante do sucesso das suas actuações.

E são estes grupos, com a intenção de não deixar desalentar a cultura, os usos e os costumes da sua terra, que marcam posições exemplares de destaque no panorama da cultura e cancioneiro nacional.