O Vesúvio no Douro

No presente post apresento o Douro vinhateiro já no território de Vila Nova de Foscôa.
Rio Douro, hoje domesticado da sua fúria pelas barragens edificadas para a produção de energia e navegabilidade. Está pacato e conformado pelas passagens de barcos turísticos.
Douro, que ao longo dos séculos massacrou o homem por entre vegetações e penedias.
Barqueiros, tantas vezes exaustos, a desafiar constantemente a natureza arisca, cheia de penedias, próprias do habitat local.


O resplandecente resultado da transformação da natureza selvagem, também se pode observar em ambiente edénico, o fértil vale do Vesúvio, onde visualizamos a espetacular Quinta do Vesúvio, que apresento no filme, erguendo-se solitariamente na na imensidão da paisagem envolvente.

A quinta, situada na margem esquerda do Douro é atravessada pela linha do Douro, e possui apeadeiro. Pelas suas maravilhosas vistas e paisagens, o seu cenário expontâneo é muitas vezes utilizado para descrever a verdadeira beleza do Douro
Lá do cimo do vale, o explendor da paisagem é digno de se apreciar, visualizado-se do outro lado do rio, a Senhora da Ribeira, já no concelho de Carrazeda de Anciães.