MARCHA DO CONCELHO DE TABUAÇO

Açucenas de S. José, interpretada pela Tuna de Tabuaço

Uma marcha, um símbolo, uma capacidade do ser Humano. 

O símbolo expressa uma prática cultural, a linguagem artística, através da música.

Sente-se nesta apresentação o resultado de determinações culturais atentas à linguagem artística, reconhecendo e valorizando a criação simbólica.

Compreende-se esta marcha, apresentada pela Tuna do seu Concelho como um dos subsistemas simbólicos da cultura de Tabuaço, onde estão refletidos significados subjacentes à vida social, política e religiosa. Assim entendida, a arte é uma das formas de conhecer e interpretar uma determinada sociedade.

As instituições culturais, com o cunho deste Maestro, Jaime Pedruco, ou do apresentador, Dr. Pinto Santos reconhecendo este valor "o símbolo - a marcha", evidenciam bem a importância da identidade simbólica duma "marcha" num agrupamento artístico da comunidade.

Os bens simbólicos, deverão fazer parte de um projeto de dinamização cultural, considerando a multiplicidade de expressões como a referência duma Instituição, duma Região.