Granja do Tedo, aldeia de lendas do concelho de Tabuaço

Aldeia de aspeto Medieval, muitos sinais de ocupação Romana, possui uma agradável praia fluvial e bonitos espaços de lazer.

Na zona ribeirinha ajardinada a relva está verdejante, as sebes muito bem tratadas; o arvoredo e a pululação de roseiras criam um ambiente romântico e sedutor ao relaxamento. Há um areal, o bar, edifício de madeira rodeado dum varandado para quem quer admirar os espaços envolventes, um passadiço de madeira que divide as duas margens do rio do Tedo. Este pequeno rio corre em ziguezagues, desfazendo-se ao longo do percurso que atravessa a aldeia em pequenas cascatas.
O Tedo divide bem, neste espaço de lazer as margens: na direita o lindo jardim observado na apresentação do filme, com um parque de merendas, e na esquerda o parque de jogos e o bar.

Aqui, o leito do rio está represado, criando uma piscina fluvial. Os habitantes da Granja do Tedo gostam imenso de trocar palavras sobre a sua aldeia, orgulhosos nesta altura do ano quando se vislumbram por todos os cantos os sabugueiros em flor, e então contam as histórias e lendas da Aldeia. É uma aldeia de sonho e muito "sui generis" no fundo de vale, com a ponte Romana imponente e muito antiga, muito retratada pelos visitantes.

Tabuaço é concelho de necrópoles, arte rupestre, citânias e vias romanas; Granja do Tedo tem D. Tedon, para uns o "mito fundador", neto do rei de Leão, para outros o El Cid, que construiu aqui a sua residência. Há quem diga que aqui, no Monte Rei, terá morrido um rei mouro. Histórias que a população conta, são românticas: amor de D. Tedon por uma princesa moura, Ardínia. A história da mulher-homem (mulher que no século XIX se vestiu de homem e se juntou ao exército), e ainda a cisma da Granja do Tedo.

Esta pequena localidade tem pouco mais de 100 habitantes, recheada de solares, casas brasonadas e azenhas à berma do rio.

A aldeia divide-se na Granja de Baixo, povoação mais antiga, com a igreja matriz, linda, trajada como um tesouro fazendo parte do património arquitetónico do concelho de Tabuaço.

Depos de atravessamos a ponte romana localizamo-nos então na Granja de Cima onde encontramos o já referido parque fluvial.

Granja do Tedo está catalogada, sob o ponto de vista turístico, como Aldeia de Portugal, fazendo parte da rede de aldeias rurais, com paisagens ímpares, que preservam seu passado, mantendo a traça do seu casario, bem como as tradições, usos e costumes.

Quando realizei o filme em 2009, a pequena aldeia da Granja do Tedo, foi palco do grande espectáculo que são as corridas de cavalos a galope, visualizadas na presente página.