Barqueiros, o Douro e o comboio

O turismo no Douro ainda é pequeno, mas já é expressivo.
A ligação a Espanha por Barca D´Alva e Salamanca de comboio é fundamental.
No território de Salamanca há cidades, pessoas, comércio, enfim... condições para a reabertura da linha do comboio até esta cidade espanhola e consequente favorecimento ao turismo e gentes do Douro

A linha do Douro, de Barqueiros a Barca de Alva, é das linhas do comboio ribeirinhas mais bonitas do Mundo.
Talvês o instrumento de turismo a investir mais no presente momento...
Recuperar a linha até Barca d`Alva e Salamanca deverá ser uma prioridade, quando o Douro é considerado um dos principais destinos turísticos nacionais.
As tendências de hoje, quer a nível nacional ou estrangeiro, com a melhoria do nível de vida das classes médias, o gosto pelos vinhos do Douro, o investimento no turismo de habitação, são indicadores evidentes do crescimento desta indústria nas próximas décadas.

Assim a revitalização da linha do Douro será importantíssima ao combate, a mais e mais estradas, invadindo e destruindo vinhas e paisagens, símbolos da região, com consequentel urbanização a descaracterizar a região.

Actualmente no Douro, ao contrário de há uns anos atrás em que o vinho era transportado para Vila Nova de Gaia no Douro, agora é feito, engarrafado e preparado nas Quintas para a venda e exportação.
Ultimamente, além do néctar generoso, os vinhos de mesa surgem com muita qualidade por toda a região, mantendo as suas características rústicas.

No presente post, foco a explêndida paisagem do Douro na localidade de Barqueiros, tendo como palco de fundo o rio Douro e comboio. O filme é presenteado com temas musicais do Rancho folclórico de Barqueiros do Douro.